quarta-feira, setembro 12, 2007

Senado Brasileiro

Nojo
Asco
ojeriza
Repugnância
Repulsa
Náuseas
Enjôo
Mágoa
Pesar
Dor
Aversão
Ódio
Antipatia
Desprezo
Rancor
Enfado
Engodo
Negaça
Embuste
Logro
Engano
Desilusão
Tapeação
Maldade
Sacanagem
Cilada
Armadilha
Emboscada
Tocaia
Arapuca
Ardilosidade

Agora escolha o adjetivo e brade aos quatro cantos sua indignação. Se bem que hoje tem jogo do Brasil, quem vai se preocupar com Renan ou com a corja de velhacos sacripantas, vis pusilânimes abjetos, que se utilizam do covarde manto do mistério para manter a mixórdia como ela deve ser?

Meu silêncio jamais será a melhor resposta. Nenhum silêncio num momento como este é bom, mas nosso povo só tem pulmões para berrar mais um gol da seleção. Enquanto ficamos nós, minoria revoltada, imaginando novos adjetivos para desqualificar aquilo que por si só não tem qualquer qualidade.

Pois bem, sinto mais uma vez vergonha e revolta. Vergonha de ser brasileiro. Vergonha por saber que a capital do Brasil é distante demais do protesto, do povo. Revolta por saber que nada posso contra o sistema, contra a velada ditadura que insiste em extirpar por meio da democracia nosso direito de viver num país honesto, decente, digno e decoroso.

.

2 comentários:

Diógenes Pacheco disse...

Essa de hoje foi, realmente, intragável...

[]´s

Múcio L Góes disse...

cuspo no chão pressa corja!

títulos à mão, 2008/10 vêm aí!


vlw, Vini.

[]´s