quinta-feira, janeiro 12, 2006

Existe uma pequena distância.

(Cof, cof... quanta poeira! Patrícia! Chama a Marina e manda passar um espanador aqui!!) :)
...
Existe uma pequena distância entre o que a gente pode e o que consegue. É a ironia de ter as melhores idéias quando se está deitado na cama, penando de insônia - mas se levantar para escrever, não dorme mais mesmo. E é preciso trabalhar cedo à manhã.
Ou a resignação de manter, ainda, parte do que se imagina ser mais imprescindível em você dormente, respeitando as regras sociais instituídas, por entendê-las ou por temer suas conseqüências.
Nas bases do convívio social a gente tem que reconhecer, entre muita coisa boa, algum cimento de hipocrisia. Mas a hipocrisia nem sempre é condenável - depende da finalidade, depende da ocasião.
Tem um abismo enorme entre o que não se consegue e o que não se tenta. Eu tento escrever a sério neste momento, mas estou quase com vergonha da semelhança disso com um e-mail barato de auto-ajuda, virtualmente assinado por algum autor famoso esotérico. Aqui chegaria a parte de fundamentar meus "ensinamentos" descrevendo uma lição aprendida de um Mago-Mor da irmandade dos Ñoüa nas montanhas de Taki Tikir. Shalam! Háméin! Talvez eu passe lá depois do expediente.
Não condeno nada, mas o que mais me entristece é virar a cara. Acho que qual seja o caminho, o combustível tem que ser disposição.
E se não der para ser as melhores idéias, "vocês vão ter que me engolir" e é com humor matinal. (Ou seja, Léo - tô contigo na continuidade do Expressões!)
E se não der para ser tudo o que se gostaria, não há qualquer porquê para não sorrir com a velha "O que é o que é", com Gonzaguinha. (Aos dias de "Sim", Múcio!)
Não deu para escrever o texto de ano novo semana passada, mas vai esse agora! Feliz ano novo, galera!
E não é que eu espere muito de 2006, mas é que eu sei que a vida devia ser bem melhor, e será! Mas isso não impede que eu repita...
[]´s

4 comentários:

Leonardo Caldas disse...

é bonita...
é bonita...
e é bonita!!!!

e é bonita como cada um de nós mesmos, meu amigo...

Múcio Góes disse...

Sem vergonha, e feliz!

[]´s

NinhA disse...

Ainda bem que pra vc essa distância é pequena. Não é pra todos.
Beijo. Feliz 2006 Didão!!!

Ninha disse...

Eu também estava falando da distância entre o que se pode e o que se faz. Tem muita gente que nem sabe o que pode!