sábado, setembro 10, 2005

Uma rosa com carinho


Dia desses ao sair para a universidade, deparei-me com uma rosa amarela aberta em toda sua formosura. Bem ali, no jardim da minha casa. Por um minuto, parei para observá-la e observei também as outras rosas que lá estavam, naquele e em todos os outros dias, mas ninguém nunca as vê.

No jardim da minha cara tem rosas amarelas, vermelhas, brancas e cor de rosas. E mesmo com toda sua exuberância, passam despercebidas na correria do dia-a-dia. E ao olhar com mais atenção naquela manhã, percebi que no jardim da minha casa também tem rosas azuis. A rosa azul dos meus sonhos. Outra rosa chamada vida.

Quantas vezes passei por esse jardim e não as notei? Quantas vezes passei por ele correndo pra pegar um ônibus e deixei de ver as rosas? As brancas, vermelhas, amarelas, rosas... essas sempre ficavam pra trás. As azuis sequer foram vistas antes.

Isso me fez pensar também em quantas vezes deixamos nossas vidas passarem sem serem vistas. Quantas vezes não paramos pra sentir seu perfume, seu toque. Quantas vezes não contemplamos suas cores e seu esplendor.

Deixamos de ver as nossas rosas azuis todos os dias. E deixamos de ver as nós mesmos. A correria, as obrigações, a competitividade exagerada a que somos submetidos até por nós mesmos. Tudo isso nos faz esquecer de parar e contemplar e viver e curtir aquilo que é realmente importante.

Um amigo que precisou do nosso apoio e não o encontrou. Ou o irmão que precisou de uma palavra ou até mesmo compartilhar uma emoção e você não estava lá. E aquele livro maravilhoso que está há séculos acumulando poeira na estante? Você demorou horrores pra comprar e ainda está pagando... Mas nunca leu uma página sequer. Teu gato que implora um cafuné mas você nunca tem tempo. Dezenas de projetos guardados, esquecidos num canto qualquer à espera apenas do primeiro passo. E a lua, que nasce todos os dias à sua janela e você nem se dá conta? E teu amor? Pode estar do teu lado, como disse Nando Reis, mas como sempre você nem percebeu.


Este texto despretensioso é curto, ao contrário dos demais. Hoje, pare um pouquinho só pra pensar no que eu escrevi e depois curta o que está a tua volta. Dê um tempo a si mesmo e aos que te amam. Pare para olhar as tuas rosas a azuis. E para aqueles que lembraram de ler esse blog, ofereço uma rosa com carinho e com afeto, principalmente aos meus ilustres companheiros de Expressões.



P.S.1: Desculpem-me pelo atraso. Problemas técnicos incontornáveis impediram-me de escrever a tempo.

P.S.2: Dedico esse texto ao meu amor. Ele estava bem ali ao meu lado e que bom que eu estava de olhos bem abertos e percebi essa pessoinha maravilhosa que há 1 mês entrou na minha vida. Dan, esse é só o primeiro, mas muitos meses ainda virão. Você é um presente que eu nem merecia. Esse texto é meu presente pra você. Te amo!!!

4 comentários:

Múcio Góes disse...

Preciso ir mais ao meu jardim, e olhar mais pros lados... Vlw pela rosa! Tks!

Bjos!

Dan disse...

Ercília, meu amor!
Você é a rosa que apareceu no jardim de minha vida!
Hoje faz um mês que estamos juntinhos e tem sido maravilhoso estar com você, compartilhando momentos tão gostosos.
Te amo muito e só tenho a te agradecer pelo texto e tudo o mais de bom que você me traz.
De todo o coração quero que esse seja apenas o primeiro mês de uma série de inúmeros que ainda virão em sua companhia.
Te amo muito!!!

Anônimo disse...

Looking for information and found it at this great site... hairy masturbating girls Meridia prescription online Hello kitty sex toys

Anônimo disse...

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! Rescue deleted pocketpc files Mature squirter darmowe filmy porno z pamela anderson http://www.lovescum.info/Pamela-anderson-zip-file.html Orgy groups order butalbital sun direct travel insurance